::.. RUACH BRASIL ..::
  • Viver o amor de Cristo
    O maior desafio da Igreja

  • O Novo Testamento mostra a Igreja como uma comunidade de pessoas reunidas em torno de Jesus, discípulos de Jesus, comprometidas com Ele, adorando a Ele, e dispostos a servir ao Seu reino neste mundo. O seguir a Cristo implica não somente num relacionamento com Ele, mas também num relacionamento com os outros que O seguem.

    Deus nos colocou na mesma relação filial que seu Filho Jesus Cristo tem com Ele, no mesmo grau de relação e privilégio. Em Cristo somos membros de uma grande família, a família de Deus, sendo Ele próprio o nosso Pai, Jesus o nosso irmão maior, e nós irmãos de todos aqueles que são filhos de Deus. Esta irmandade é ainda mais forte que o parentesco carnal, pois o carnal é temporal, mas a irmandade espiritual é eterna.

    Portanto, devemos ver-nos e estimar-nos como verdadeiros irmãos. O Senhor quer seus filhos vivendo juntos em harmonia, e para isso nos dá conselhos que cobrem todas as situações possíveis para que saibamos conviver com nossos irmãos. Para que haja harmonia, do mesmo modo que há na música, a tônica entre os irmãos é o amor.

    O contrário do amor não é necessariamente o ódio, mas o egoísmo que leva ao individualismo. O egoísmo se manifesta por um cuidado excessivo por si mesmo e desinteresse pelos demais. Nota-se isto quando todos os afetos e esforços de uma pessoa convergem para ela mesma. Por outro lado, amar é dar-se, entregar-se, e é o que nos leva à vida comunitária.

    Jesus é a encarnação do amor, Ele é a medida e a expressão concreta prática e visível do amor. Ele trouxe o verdadeiro amor ao mundo. Seus discípulos puderam apreciar o amor em uma dimensão prática e não em definições teóricas, e Ele disse que a característica marcante da comunidade dos discípulos seria o amor que teriam entre si: “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros”.

    O propósito de Deus é que sejamos iguais a Jesus em tudo, e a característica principal, que sobressai na vida e caráter de Jesus, é o seu amor para conosco. Podemos crer que, apesar de nossas debilidades e imperfeições, pelo Espírito Santo que nos foi dado podemos amar como Jesus amou!







::.. RUACH BRASIL ..::
e-newsletter

"E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados."
Atos 2:2
Ruach Brasil
© Copyright 1999-2010 RUACH
Todos os direitos reservados