::.. RUACH BRASIL ..::
Coluna

O Segredo de Sucesso na Vida e na Obra Cristã

D. L. Moody

Pelo menos noventa e nove por cento dos membros da igreja nunca pensa em testemunhar de Cristo. Se vêem uma pessoa, talvez um parente próximo, caminhando rapidamente para a destruição, eles nunca pensam em falar àquela pessoa a respeito do seu curso pecaminoso e ganhá-la para Cristo. Com toda certeza, há algo errado. Entretanto, quando você fala com alguns desses cristãos; portanto, não se pode dizer que não é filho de Deus. Ao mesmo tempo está claro que não tem poder, não tem liberdade, não tem o amor que o verdadeiro discípulo de Cristo deveria ter.

Muitos pensam que precisamos de novos métodos, novas igrejas, novos instrumentos, novos corais e tantas outras coisas novas. Não é disso que a igreja necessita nesses dias. Temos falta é do velho poder que os apóstolos tinham. Se tivermos isso em nossas igrejas, haverá nova vida. Então teremos novos pastores - os mesmo pastores só que agora renovados com poder, cheios do Espírito.

Há algum tempo, em Chicago, muitos estavam esforçando-se na obra do Senhor, mas parecia que a carruagem da salvação não avançava. Então um pastor começou a clamar lá do fundo: “Ó, Deus, coloca novos ministros em cada púlpito!”. Na segunda-feira seguinte, dois e três homens levantaram-se e disseram: “Tivemos um novo pastor domingo passado - na verdade, era o mesmo pastor, mas havia nele um novo poder”. Acredito firmemente que é disto que precisamos hoje por toda parte. Queremos novos pastores no púlpito e novas pessoas nos bancos. Queremos pessoas vivificadas pelo Espírito de Deus, queremos que o Espírito venha e tome posse dos filhos de Deus, revestindo-os de poder...

É possível alguém ter vida, num nível muito superficial, e ficar satisfeito com isso? Penso que muitos hoje estão nessa condição. No terceiro capitulo de João, vemos que Nicodemos veio até Jesus e recebeu vida. No início, essa vida era muito frágil. Não ouvimos que ele tenha se declarado e confessado a Cristo com ousadia nem que o Espírito tenha vindo sobre ele com grande poder; mesmo assim, ele recebeu vida pela fé em Cristo.

No quarto capítulo de João, lemos sobre a mulher junto ao poço de Samaria e como Cristo lhe estendeu a taça da salvação. Ela a tomou e bebeu, e isso se transformou nela: “uma fonte a jorrar para a vida eterna” (v.14). Isso é mais forte do que a experiência relatada em João 3. Aqui o Espírito veio como uma torrente, enchendo a alma da mulher samaritana. Como alguém já disse, veio do trono de Deus, e como uma corrente poderosa, transportou-a de volta para o mesmo trono. A água sempre sobe até alcançar o nível, e se tivermos a alma cheia com água do trono de Deus, ela nos fará subir até o nível da sua fonte.

Agora, se você quiser conhecer a descrição do mais alto nível de vida cristã, vá para o sétimo capítulo de João; lá você verá que do interior daquele que, ao confiar no Senhor Jesus, recebe o Espírito “fluirão rios de água viva” (v.38).

Há duas maneiras de cavar um poço. Lembro-me de que, quando era menino, numa fazenda na Nova Inglaterra (EUA), havia um poço com uma velha bomba de madeira. Eu costumava bombear a água daquele poço para lavar roupa de dar de beber ao gado. Muitas e muitas vezes, eu precisei bombear e bombear até meu braço ficar cansado. Hoje, porém, existe um método melhor. Não se cava mais poços rasos, com poucos metros de profundidade, paredes revestidas de tijolos e uma bomba lá no fundo; agora, eles cavam muito mais fundo, atravessando todas as camas de argila, área e rocha, e furando mais ainda até encontrar o que eles chama de corrente subterrânea. É o poço artesiano que não requer trabalho para tirar a água, já que ela jorra espontaneamente, com pressão própria, lá das profundezas.

Penso que Deus quer que todos seus filhos sejam como um poço artesiano, que não precisem do esforço de uma bomba manual, mas que tenham água viva jorrando abundantemente. Você já viu pastores no púlpito que só sabem bombear e bombear e bombear? Eu já vi isso muitas vezes, e já tive de fazê-lo também. Sei bem como é. Os pastores ficam no púlpito, falando, falando, falando; o povo adormece, e o líder não consegue despertá-lo. Qual é a dificuldade? Não há água viva. Estão bombeando quando não há água no poço. Você não consegue tirar água de um poço seco. É necessário ter alguma coisa no poço, senão você não consegue tirar nada de lá.

Extraído de “O arauto da sua vinda” Mai/Jun2008


<- Anterior | Próxima ->

Veja Mais









::.. RUACH BRASIL ..::
e-newsletter

"E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados."
Atos 2:2
Ruach Brasil
© Copyright 1999-2010 RUACH
Todos os direitos reservados