::.. RUACH BRASIL ..::
  • Jesus em casa faz a diferença

  • Qual é o lugar mais simples para uma pessoa ser santa? Recintos eclesiásticos, grupos grandes, relacionamentos rápidos e impessoais, estilo de vida individualizado. E qual é o lugar mais difícil e, por isso mais significativo, para uma pessoa ser santa? Em casa, na presença de sua família, onde tudo o que ela diz e faz é submetido a um teste espiritual automático e conferido com a realidade. Ali todo farisaísmo devoto, toda retórica religiosa, toda hipocrisia e manipulação estão irremediavelmente condenados à morte.

    A vida cotidiana numa casa comum é o melhor lugar para a vida de Cristo chegar e se manifestar de maneira relevante, pois é ali o lugar da verdade, de relacionamentos estreitos, de comunhão e compromisso, por isso, de transformação de vida. Ali é onde se partilha o que se possui, onde cristãos assumem pessoalmente o verdadeiro serviço pastoral.

    A conversão dos primeiros cristãos não se deu no nível teológico, mas no nível da vida cotidiana com a presença de Jesus. O Senhor mesmo emprestou elementos da vida cotidiana para comunicar a sua mensagem, pois somente uma pessoa disposta a mudar de vida estava realmente pronta para o evangelho.

    Essa é a razão por que o ensino e a personalidade de Jesus se tornaram pontos de atração mais admiráveis para as pessoas – ensino e pessoa se misturavam e faziam a diferença. A igreja não se anunciava a si mesma, mas pregava exatamente esse Jesus, seus ensinamentos, e vivia o que Ele proclamou.

    Deus está em vias de reconquistar novamente para si as casas e a vida cotidiana de seus filhos como testemunho na terra. Começa a surgir de novo uma igreja que não apenas traz uma mensagem, mas que é uma mensagem viva, uma extensa família espiritual – não organizada, mas orgânica; não formal, mas centrada nos relacionamentos.







::.. RUACH BRASIL ..::
e-newsletter

"E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados."
Atos 2:2
Ruach Brasil
© Copyright 1999-2010 RUACH
Todos os direitos reservados